terça-feira, 24 de outubro de 2017

Poema 202

Ninguém sente sua falta por sentir 
Eles lembram da tua boca na carne
Eles pensam nas canções antes de dormir
Eles querem e volta a tua vontade
---
Não há genuinamente um sentimento
Uma falta exata da sua essência
O espaço é somente do teu acalento
O constante ato de suprir a carência
---
Eles podem te dizer a palavra saudade
Mas só em você dói tanto
Você sente em demasia a verdade
E o superficial te deixa em prantos

2 comentários:

  1. Olá , tudo bem ?
    Vc faz uma poesia por dia ?
    Gostei muito da intensidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      Esse é um projeto que deveria ter um poema por dia mas eu meio que tropeço
      Fico feliz que gostou :)

      Excluir